CHEGADA DE FRANCISCO VIOTTI AO BRASIL

CHEGADA DE FRANCISCO VIOTTI AO BRASIL

 

“Registro de Estrangeiros”- Arquivo Nacional

 

Imigrantes chegados ao Rio de Janeiro, no dia 11 de outubro de 1826 no bergantin genovês “La Virgine de Misericórdia”:

- Vincenzo Milanta – 27 anos, natural de Sardenha, negócio volante

- Cristoforo Massa – 30 anos, natural de Gênova, aventureiro.

- Domenico Massa – 24 anos, natural de Gênova, lavrador.

- João Batista Vermengo, - 31 anos, súdito sardo, natural de Manilha, alfaiate.

- João Batista Solari – 42 anos, natural de Gênova, lavrador.

- Francesco Solari – 13 anos, natural de Gênova.

- Giácomo Marochetti – 28 anos, solteiro, natural de Vila Rapalo, sardo (súdito da Sardenha?) cortador de pedras, vindo de Gênova. Apresentou passaporte.

- Antonio Silli (ou Celle) – 36 anos, natural de Gênova, criado de servir.

- José Nicolau Costa – 24 anos, natural de Gênova, lavrador.

- Francesco Rondolotto – 29 anos, piemontês, comerciante volante.

- Giácomo Francisco Valente – 37 anos, súdito de Sardenha, lavrador.

- João Batista Valente – 42 anos, súdito de Sardenha, lavrador.

 - Pietro Denegri – 19 anos, lavrador.

- Vicenzo Geirola – 30 anos, comerciante volante.

- Giuseppe Navone – 17 anos.

- João Batista Canepa – 41 anos, natural de Gênova.

- Emanuele Carpineti – 55 anos, natural de Gênova, negociante.

- Andrea Penco – 34 anos, natural de Gênova.

- Giuseppe Festa – 21 anos, natural de Gênova.

- Jacomo Francisco Rombo – 21 anos, natural de Gênova.

- João Batista Rombo – 9 anos, natural de Gênova.

- Girolano Risso – 19 anos, natural de Gênova.

- José Gastaldo – 32 anos, natural de Gênova.

- Luigi Vignelo – 23 anos, natural de Gênova, fabricante de massas.

- Jacomo Nicolau Vicente Viotto – 12 anos, natural de Gênova

- Jacomo Francisco Vicente Viotto – 15 anos, natural de Gênova, procurar fortuna. Apresentou passaporte. Assinou em baixo do texto do funcionário brasileiro -  Francesco Viotti.